Notícias

14 JAN
[Semanas Sociais Brasileiras completam 30 anos em 2021]

Semanas Sociais Brasileiras completam 30 anos em 2021

Em novembro de 1991, foi realizada a primeira edição da Semana Social Brasileira

Redação Fé Católica
[email protected]


“Esperançar: 30 anos das Semanas Sociais Brasileiras” é o tema comemorativo do trigésimo aniversário de realização das Semanas Sociais Brasileiras (SSB), que será lançado amanhã (15), pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Pastorais Sociais e Movimentos Populares. A celebração ocorre em meio à realização da 6ª SSB, que iniciou a mobilização nacional em 2020 e vai até 2023. O tema debatido pela 6º SSB é “Mutirão Pela Vida: Por Terra, Teto e Trabalho”.  

Em novembro de 1991, foi realizada a primeira edição da Semana Social Brasileira.  O terreno em que a iniciativa nasceu no Brasil, a exemplo da européia, era de celebração dos cem anos da Encíclica Rerum Novarum, [em português, "Das Coisas Novas"].  Uma Encíclica escrita pelo papa Leão XIII, em 15 de maio de 1891, que trata sobre as condições dos operários, das questões sociais. A Rerum Novarum fomentou o nascimento e o desenvolvimento de movimentos abertos à dimensão social e política a partir do renascimento da dimensão religiosa, fé e vida, que animou o compromisso político dos cristãos, das cristãs.

Não por acaso, o tema da 1ª Semana Social Brasileira foi “Mundo do trabalho: desafios e perspectivas”, e diferentemente das demais edições, que se tornaram processos formativos com eventos pontuais descentralizados por todo o país, a primeira edição foi realizada de 3 a 8 de novembro de 1991. 

Para a abertura das comemorações do “Esperançar: 30 anos das Semanas Sociais Brasileiras”, amanhã (15), às 10h, será lançada uma reportagem em que narra o processo histórico das Semanas Sociais e seus frutos, bem como o material de divulgação para as redes sociais. Outros debates sobre o trigésimo aniversário das SSB’s serão incorporados às atividades da 6ª SSB.