Notícias

13 JAN
[Sem cortejo, festa ao Senhor do Bonfim tem homenagem às vítimas da Covid-19]

Sem cortejo, festa ao Senhor do Bonfim tem homenagem às vítimas da Covid-19

Homenagens serão feitas às vítimas da doença, a partir das 10h. Basílica ficará fechada durante toda a manhã, e será aberta apenas às 18h, para a realização da missa da novena às 19h

Redação Fé Católica 

[email protected] 

A tradicional Lavagem do Bonfim, que seria realizada com cortejo nesta quinta-feira (13), foi cancelada pelo segundo ano consecutivo, por causa da pandemia da Covid-19. Apesar disso, homenagens serão feitas às vítimas da doença, a partir das 10h. 

Essa homenagem será em frente ao monumento do Cristo ressuscitado, que fica no largo da Basílica Santuário Senhor Bom Jesus do Bonfim. A igreja ficará fechada durante toda a manhã, e será aberta apenas às 18h, para a realização do sétimo dia de missas da novena, às 19h.

Tanto as homenagens quanto a missa serão transmitidas pelas redes sociais da Basílica, para evitar aglomerações. No último ano, a lavagem também foi cancelada, mas um cortejo com a imagem do Senhor do Bonfim circulou por vários pontos de Salvador, até chegar à Colina Sagrada.

Programação

13 de janeiro:

10h – A Basílica promoverá uma homenagem aos mais de 600 mil mortos, infectados pela Covid-19, no monumento ao Cristo Ressuscitado, localizado na Praça do Bonfim;

10h30 – O reitor, padre Edson Menezes da Silva transmitirá a tradicional mensagem e concederá a bênção através das redes sociais do Bonfim e dos meios de comunicação sociais que estiverem presentes.

14 de janeiro:

16h – Recitação do terço da misericórdia pela conversão da humanidade;

19h – 8ª noite da novena. Subtema: “Chamados a ser uma Igreja em saída” (Mt 28,16-20).

15 de janeiro:

19h – 9ª noite da novena. Subtema: Chamados a caminhar com o Papa Francisco e a acolher seu apelo para que sejamos “uma Igreja casa e escola de comunhão”, “com uma fisionomia acolhedora”, “uma Igreja que encontra novos caminhos” (Mt 16,13-19).

16 de janeiro:

5h – Alvorada e repique dos sinos. Horário das Missas: 5h, 6h, 7h30, 9h, 15h, 17h

10h30 – Missa Solene presidida pelo senhor Cardeal Dom Sergio da Rocha que, no final da celebração, dará a Bênção Apostólica com Indulgência Plenária. Durante todo o dia, a imagem peregrina do Senhor do Bonfim ficará exposta na frente da Basílica e, às 18h, acontecerá um momento de oração pela contenção da atual pandemia, da violência e de outros males da atualidade encerrando a programação.

Com informações do G1 Bahia

Foto: Manoel Eloy