Notícias

24 JUL
[Salvador: Ouvindo Nosso Bairro tem etapa de votação adiada para dia 6 de agosto]

Salvador: Ouvindo Nosso Bairro tem etapa de votação adiada para dia 6 de agosto

A medida foi necessária devido ao grande volume de sugestões enviadas pelos cidadãos na primeira etapa da iniciativa

 

Redação Fé Católica
[email protected] 

O início das votações para o programa Ouvindo Nosso Bairro 2021, previsto para esta sexta-feira (23), foi adiado para o dia 6 de agosto. De acordo com a Secretaria de Articulação Comunitária e Prefeituras-Bairro (SACPB), a medida foi necessária devido ao grande volume de sugestões enviadas pelos cidadãos na primeira etapa da iniciativa.

Com mais de 21 mil indicações cadastradas e 10.367 participantes, a colaboração popular superou as expectativas. Com isso, foi necessária uma pequena adequação no avanço para a segunda etapa, na qual os soteropolitanos poderão votar nas obras prioritárias para os 170 bairros de Salvador.

Após a primeira etapa, a Prefeitura realiza a chamada Estruturação do Menu, onde são feitas vistorias a fim de analisar a viabilidade técnica das sugestões propostas. Posteriormente, as obras viáveis são disponibilizadas em um menu de votação, para a escolha das prioridades pelos soteropolitanos, que podem realizar até cinco votos.

Devido ao grande número de sugestões, os órgãos municipais, juntamente com a SACPB, que coordena o programa, vem trabalhando diariamente em função das análises de viabilidade técnica para que, assim, as obras viáveis possam compor a fase de votação.

O titular da SACPB, Kaio Moraes, atesta o sucesso da primeira etapa do programa e a necessidade de uma minuciosa análise técnica para a efetivação da consulta popular. “A população abraçou o Ouvindo Nosso Bairro e tivemos um número muito expressivo de sugestões, possíveis graças ao site, às audiências públicas virtuais e ao atendimento especializado realizado pelas equipes das Prefeituras-Bairro”, diz o secretário.

“Entre as obras mais solicitadas, se destacam as praças, com mais de 3 mil indicações da população, o que evidencia a necessidade de vistorias detalhadas por parte das secretarias, a fim de disponibilizar a etapa de votação para a população”, completou Moraes.

Foto: Jefferson Peixoto / Secom / PMS