Notícias

26 MAI
[Província Eclesiástica de Natal divulga nota sobre a permanência do fechamento das Igrejas]

Província Eclesiástica de Natal divulga nota sobre a permanência do fechamento das Igrejas


"Movidos pelo dever de zelar e promover a vida humana, exortamos mais uma vez ao povo potiguar para que permaneça empenhado no cumprimento da recomendação de isolamento social", apontam os bispos da província, no comunicado.


Após reunião virtual, na segunda-feira (25), os bispos da Província Eclesiástica de Natal (Natal, Mossoró e Caicó) formada pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha; o bispo da Diocese Mossoró, Dom Mariano Manzana, e o bispo da Diocese Caicó, Dom Antônio Carlos Cruz divulgaram uma Nota relatando a permanência do fechamento das igrejas, "até que tenhamos condições de dispor em contrário", ressalta o comunicado. 

A decisão ocorreu após a publicação da Portaria Nº 004/2020-GAC/SESAP, do governo do estado, no diário oficial, no último sábado, 23 estabelecendo as recomendações sanitárias em vista da reabertura dos templos religiosos.

Os bispos da Província apontam 3 principais motivos para a tomada desta medida: "atentos à realidade e a dureza dos fatos e dos números, no que se refere à pandemia do coronavírus; sensíveis aos apelos do Povo fiel católico; e movidos pelo dever de zelar e promover a vida humana, exortamos mais uma vez ao povo potiguar para que permaneça empenhado no cumprimento da recomendação de isolamento social", recomendam. 

Os episcopados pedem ao povo cristão que "permaneçam firmes na esperança e  "roguem a Nossa Senhora da Apresentação, Santa Luzia e a Senhora Sant’Ana, padroeiras destas nossas igrejas particulares, para que intercedam por nós, neste momento de maior dificuldade, junto a Jesus, nosso Senhor e Salvador", aconselha.

Confira a nota da íntegra:

Nós, Bispos da Província Eclesiástica de Natal (Arquidiocese de Natal, Diocese de Mossoró e Diocese de Caicó), reunidos remotamente, nesta segunda-feira, dia 25 de maio de 2020, em espírito de comunhão fraterna e eclesial; atentos à realidade e a dureza dos fatos e dos números, no que se refere à pandemia do coronavírus; sensíveis aos apelos do Povo fiel católico; e movidos pelo dever de zelar e promover a vida humana, exortamos mais uma vez ao povo potiguar para que permaneça empenhado no cumprimento da recomendação de isolamento social. 

Deste modo, reafirmamos a determinação para que nossas igrejas (catedrais, matrizes e capelas) permaneçam fechadas, até que tenhamos condições de dispor em contrário. O penoso tempo que atravessamos e as restrições que nos impõem distanciamento físico trazem sofrimento ao nosso coração de Pastor e isto nos ajuda a compreendermos ainda melhor a dor da nossa gente. Exortamos, pois, aos nossos colaboradores padres, aos fiéis católicos e a todas as pessoas de boa vontade a permanecerem firmes na esperança. Rogamos a Nossa Senhora da Apresentação, Santa Luzia e a Senhora Sant’Ana, padroeiras destas nossas igrejas particulares, para que intercedam por nós, neste momento de maior dificuldade, junto a Jesus, nosso Senhor e Salvador.

Natal (RN), 25 de maio de 2020.

Dom Jaime Vieira Rocha
Arcebispo Metropolitano de Natal

Dom Mariano Manzana
Bispo Diocesano de Mossoró

Dom Antônio Carlos Cruz Santos
Bispo Diocesano de Caicó 
 

Da Redação
(Com informações da Arquidiocese de Natal)
Foto: Banco de Imagens / Canva