Notícias

27 NOV
[Perdeu a placa do carro durante as chuvas em Salvador? Saiba o que fazer]

Perdeu a placa do carro durante as chuvas em Salvador? Saiba o que fazer

De acordo com o Detran, registro do boletim de ocorrência é considerado como um respaldo para o condutor do veículo.


Muitos motoristas perderam as placas de veículos durante as fortes chuvas que caíram em Salvador, na terça-feira (26). Só na região do fim de linha do bairro da Calçada, um comerciante do local, de prenome Geraldo, encontrou 10 placas. Ele recolheu os objetos e aguarda os motoristas para fazer a devolução.

"Eu vi que os carros estavam passando sem as placas, aí eu disse que ia pegar as placas para devolver a eles [motoristas]. Se os donos chegarem, estou aqui [fim de linha da Calçada] para entregá-los", disse.

Segundo o Departamento de Trânsito da Bahia (Detran), o primeiro passo após perder a placa do carro é registrar o boletim de ocorrência, para evitar que ela seja encontrada e usada em crimes.

Ainda conforme o Detran, o registro do boletim de ocorrência é considerado como um respaldo para o condutor do veículo. Não é permitido o uso do carro sem placas, e a infração, considerada como gravíssima, pode gerar multa de R$ 293,70 e mais sete pontos na CNH.

O G1 preparou um passo a passo sobre o que os proprietários de veículos precisam fazer, caso tenham perdido alguma das placas.

Confira o passo a passo divulgado pelo Detran:

1º Passo: Registrar boletim de ocorrência em uma delegacia, porque a placa pode ser achada e usada para roubos de automóveis.
2º Passo: Os condutores de veículo que tenham a placa antiga (cinza) vão precisar solicitar a placa Mercosul. Para realizar o pedido da segunda via de emplacamento, é necessário desembolsar R$ 74 (pela segunda via do CRV), R$ 105 (pela vistoria) e R$ 250 (pela placa Mercosul). Já os motoristas que perderam a placa Mercosul precisam pagar o valor da confecção da nova placa, que varia entre R$195 e R$240. O serviço deve ser feito em uma das empresas credenciadas ao Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
 

*Com informações do G1
Foto: Reprodução/ TV Bahia