Notícias

04 DEZ
[Galeota da Gratidão do Povo tem restauração finalizada ]

Galeota da Gratidão do Povo tem restauração finalizada

Após dois meses de trabalho minucioso, embarcação secular passará por vistoria náutica


Na manhã desta quarta-feira, dia 4 de dezembro, a Galeota Gratidão do Povo foi apresentada à comunidade pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, durante a Missa pelo Dia do Marinheiro, na Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem (Largo da Boa Viagem, em Salvador). O ato simboliza a entrega da embarcação para a vistoria que será feita pela Marinha na próxima semana.

A tradicional embarcação, que desde 1892 conduz a imagem do Senhor Bom Jesus dos Navegantes, foi impedida de ir ao mar, pela primeira vez em 2018, devido a estrutura da navegação que estavam comprometidas. 

Dom Murilo Krieger falou à imprensa sobre a dedicação do povo à Galeota. “Foi muito senso de responsabilidade quando a marinha nos disse, que não poderíamos navegar do jeito que estava. Afinal, são vidas humanas que ali estão. E ao mesmo tempo nos mostrar que unir as forças dá um belo resultado. Há quase 130 anos o povo na sua simplicidade uniu forças, fez sacrifícios, deu a sua colaboração, para construí-la. Agora essa força fez acontecer a reforma da Galeota. E ela (Galeota), lembra a passagem de Cristo em nossa vida. Ele também é um navegante, e que a gente saiba acolhe-lo em qualquer porto, que ele procurar nos encontrar”.

O vice-almirante André Luiz Silva Lima de Santana Mendes, comandante do 2º Distrito Naval falou sobre a vistoria que será realizada na embarcação, para a entrega do laudo de navegabilidade. “O próximo passo, por meio da Capitania dos Portos, é fazer uma vistoria de segurança, pois alguns testes ainda são necessários, como por exemplo a flutuabilidade. Com isso, sendo concluído, caso não tenha nenhum reparou ou alteração a ser feita, a Galeota vai estar efetivamente pronta. É fundamental ressaltar que essa vistoria tem como único propósito, a segurança. Nada além disso. Nós temos que ter muita responsabilidade, como sempre fazemos, para que seja entregue ao povo de uma forma segura e que ele (o povo) possa compartilhar com toda fé e devoção durante muitos anos”.

Para que a embarcação possa voltar a participar dos festejos, foi montada a Comissão Especial para Restauro da Galeota, que contraiu um empréstimo e deu início ao processo de restauro que foi concluído no fim do mês de novembro. Contudo, a campanha para arrecadar recursos e, com isso, sanar o empréstimo continua.  “Fizemos um empréstimo de 250 mil reais para realizar a reforma da Galeota. E teremos que pagar 274 mil ao banco até o dia 7 de fevereiro do ano que vem. A campanha é até fevereiro e é o prazo que temos para arrecadar e quitar a dívida. É bom lembrar que qualquer valor doado é bem vindo. ”, falou José Trindade, um dos diretores da Fundação Dom Avelar e representante da organização na comissão.

A campanha

Embora a embarcação esteja pronta para ir ao mar, a campanha para quitar o empréstimo continua. Pode ser doado qualquer valor, a partir de um centavo (R$0,01), e cada doação será incentivada com a entrega de um certificado denominado “Preito de Gratidão”. As doações serão feitas em nome da Fundação Dom Avelar nos seguintes bancos: Caixa Econômica Federal – Agência: 1032; Operação: 003; Conta Corrente: 2476-9 / Banco Bradesco – Agência: 3072; Conta Corrente: 8583-9 / Banco do Brasil – Agência: 2967-X; Conta Corrente: 10-8. Quem desejar poderá utilizar o PayPal no site www.gratidaodopovo.com.br

Missa aos marinheiros

Em comemoração ao Dia do Marinheiro, Dom Murilo Krieger celebrou a missa na Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem, com o auxílio dos padres Aderbal Galvão de Sousa, pároco da Paróquia São Pedro e diretor da fundação Dom Avelar Brandão Vilela, padre Davi Oliveira dos Santos, pároco da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem e Padre Erico Pitágoras, capelão Militar da Marinha. Ritos e homenagens foram destinados aos oficiais. Participaram da celebração os militares, seus familiares e a comunidade.

Ao Fé Católica News, Pe. Érico Pitágoras falou sobre a solenidade. “Anualmente, quando se aproxima o dia 13 de dezembro, dia do Marinheiro, as Organizações Militares da Marinha costumam festejar com celebrações religiosas. E de tal modo, neste ano, a missa aconteceu no dia 4 de dezembro. E a Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem foi escolhida porque tem tudo haver com o mar, com o Bom Jesus dos Navegantes, a proteção que deve ser sempre extensiva aos nossos militares, que tem no mar o seu campo de ação e de cumprimento da missão militar. E neste ano está sendo entregue também a Galeota da Gratidão do Povo, que é um grande emblema da gratidão, da generosidade, do coração fervoroso do povo baiano. E muitos dos militares são filhos de baianos ou baianos de fato. Então de certo modo esse evento aproxima a Marinha do povo. E hoje nós rogamos a Nossa Senhora da Boa Viagem e Bom Jesus dos Navegantes, para que os nossos marinheiros tenham sempre a proteção divina no exercício e no cumprimento da missão durante o ano.”, concluiu.