Notícias

30 MAR
[Dom Mario Giordana termina sua missão na Fábrica de São Pedro]

Dom Mario Giordana termina sua missão na Fábrica de São Pedro

Após nove meses de trabalho, a tarefa do comissário especial nomeado pelo Papa para o processo de renovação do órgão do Vaticano chega ao fim

Redação Fé Católica
[email protected] 

A Sala de Imprensa da Santa Sé anunciou na segunda-feira (29) que com a promulgação do Estatuto da Fábrica de São Pedro, "chegou ao fim o cargo de Comissário Extraordinário do Arcebispo Mario Giordana, Núncio Apostólico, e da Comissão que o assistiu nesta tarefa". O Papa Francisco, seguindo o Motu Proprio “Sobre a transparência, o controle e a concorrência nos procedimentos de adjudicação de contratos públicos da Santa Sé e do Estado da Cidade do Vaticano”, havia nomeado em junho de 2020 Dom Giordana, confiando-lhe a tarefa de "atualizar os Estatutos, lançar luz sobre a administração e reorganizar os escritórios administrativos e técnicos da Fábrica", uma tarefa concluída ao longo de nove meses.

A Fábrica de São Pedro é um organismo do Vaticano com a tarefa de garantir os serviços materiais, logísticos, econômicos e administrativos relativos à vida do edifício, da Basílica Vaticana. Em termos concretos significa gerenciar as exigências daqueles que conduzem o dia-a-dia da Basílica, as despesas relacionadas, os problemas técnico-funcionais, o patrimônio mobiliário e imobiliário vinculado, os créditos e as dívidas e o relativo orçamento.

“A aplicação do novo Estatuto" - afirma a Sala de Imprensa, "será de responsabilidade do Cardeal Mauro Gambetti, que iniciará seu encargo como Arcipreste da Basílica nesta Semana Santa". Em 20 de fevereiro passado, o Papa escolheu o cardeal franciscano para este cargo, o cardeal era custódio geral do Sagrado Convento de Assis.

 

Com Vatican News
Foto: Reprodução | Vatican News