Notícias

09 JUL
[Curso online sobre prevenção do abuso sexual na Igreja segue com inscrições abertas]

Curso online sobre prevenção do abuso sexual na Igreja segue com inscrições abertas


Perfil do abusador, sintomatologias e comportamentos de crianças e adolescentes abusados, serão temáticas abordadas.
 

Com objetivo de capacitar pessoas para intervirem nos diferentes âmbitos de prevenção do Abuso Sexual e proteção de crianças e adolescentes, tanto nos ambientes e contextos eclesiais como no seio das famílias, Igrejas domésticas, cerne do desenvolvimento da pessoa, a associação de psicólogos Reconciliatio – Psicologia Integral, com o apoio da Diocese de Petrópolis, no Rio de Janeiro, promovem curso on-line sobre o tema. 

As aulas serão ministradas por especialistas católicos já neste mês de julho. O curso acontecerá nos dias 18, 22, 25 e 29 de julho, com duração de 2 horas por dia e as aulas ficarão disponíveis por um período de 30 dias para aqueles que não conseguirem participar ao vivo.  O público-alvo são sacerdotes, religiosos, religiosas, psicólogos de seminários, catequistas, educadores e leigos em geral, mas também as pessoas que tenham interesse pelo tema. Até dia 10 de julho o valor será promocional

“Desde 2017, membros do Movimento de Vida Cristã buscaram se aprofundar pelo tema do Abuso Sexual. Ao longo dos anos de 2018 e 2019, foi estruturado o Programa de Prevenção do Abuso Sexual e Promoção de Ambientes Seguros para Crianças e Adolescentes, sendo oferecido tanto no meio eclesial quanto civil”, explicou o psicólogo José Augusto Rento Cardoso.

Durante as aulas serão abordados aspectos relacionados ao perfil do abusador, passando por sintomatologias e comportamentos de crianças e adolescentes abusados, terminando com caminhos para a prevenção de tal tipo de violência pautado em uma ética personalista.

Os professores do curso são capacitados e atuam na área de avaliação de abuso sexual infantojuvenil, bem como tem recebido formação específica quanto ao abuso sexual no âmbito eclesial junto ao Centro de Investigación y Formación Interdisciplinar para la Proteción del Menor (CEPROME), do México, tendo recentemente terminado uma formação voltada para o Psicodiagnóstico e criação de perfil de abusadores e vítimas de abuso sexual.

Segundo José Augusto, “a aceitação tem sido boa, sendo que até antes da pandemia [do novo coronavírus] já tínhamos atingido cerca de 300 pessoas. A procura para está edição do curso está sendo muito boa. É a primeira vez que estamos oferecendo de forma online e já temos 65 inscritos de diversas partes do país, desde Roraima até Rio Grande do Sul”, disse.

Para se inscrever basta acessar (AQUI).
 

Da redação com ACI Digital
Foto: Divulgação