Notícias

14 JAN
[Cooperação e solidariedade:

Cooperação e solidariedade: "Catholic Mission" se mobiliza na Austrália

Para responder à crise dos incêncios na Austrália, os bispos católicos do país, além de promover uma coleta de recursos em nível mundial, tem a intenção de preparar um plano nacional que envolva todas as comunidades católicas

A "Catholic Mission" da Austrália, que é a Direção Nacional das Pontifícias Obras Missionárias da Austrália, anunciou uma colaboração imediata com a Sociedade São Vicente de Paulo, para oferecer uma contribuição concreta na obra de cooperação e solidariedade, a fim de responder à emergência nacional dos incêndios que, desde setembro passado, vem devastando o habitat natural do país.

"Trata-se de uma tragédia infinita e sem precedentes, uma verdadeira catástrofe ambiental, que se estima ter queimado uma área equivalente a mais de 84.000 quilômetros quadrados", afirma a nota da Catholic Mission enviada à Agência Fides.

Para responder à crise, os bispos católicos australianos, além de promover uma coleta de recursos em nível mundial, desejam preparar um plano nacional que envolva todas as comunidades católicas. As Pontifícias Obras Missionárias sempre se voltaram, por vocação, às necessidades das comunidades do além fronteira, mas "reconhecemos que é difícil concentrar-se nas necessidade no exterior quando uma crise sem precedentes está em andamento na Austrália", afirmou o padre Brian Lucas, diretor nacional da Catholic Mission.

Por esse motivo, as POM sensibilizam seus doadores e benfeitores para contribuírem agora para as necessidades da população da Austrália: "Temos muitos apoiadores nas dioceses severamente afetadas em todo o país. É nosso dever oferecer uma resposta missionária e também permiti-la àqueles que querem dar a prioridade a seus amigos, famílias e companheiros australianos atingidos por esses devastadores incêndios florestais", observa padre Lucas.

“As comunidades ao longo da costa sul estão lutando com grande dificuldade. Muitas pessoas, das paróquias locais às celebridades, uniram-se para apoiar aqueles que perderam tudo. Faremos a nossa parte", diz David Harrison, diretor diocesano da Catholic Mission em Wollongong, também ela devastada.

A organização missionária confirma, no entanto, que os planos de emergência voltados para a situação australiana não interromperão a distribuição dos fundos e os projetos já iniciados na África, Ásia e Pacífico pelas POM australianas. "Reconhecemos a gravidade da situação local, mas também devemos respeitar nossa missão, permanecendo comprometidos com as comunidades carentes de todo o mundo", conclui o padre Lucas.

 

(AP - Agenzia Fides)
Foto: Reprodução | Vatican News