Notícias

14 JUL
[Conheça 6 fatos da vida de São Camilo de Léllis, padroeiro dos enfermos que é celebrado hoje (14)]

Conheça 6 fatos da vida de São Camilo de Léllis, padroeiro dos enfermos que é celebrado hoje (14)


Ele também é padroeiro dos profissionais de saúde e hospitais.


Hoje, 14 de julho, a Igreja celebra São Camilo de Léllis. Padroeiro dos enfermos, profissionais de saúde e hospitais. O Fé católica elencou 6 aspectos da vida deste santo, que deu fundou a ordem dos Ministros dos Enfermos. 

Nascimento

Italiano, nascido na cidade de Bucchianico, em 25 de maio de 1550. Em 2020 completou 470 anos que Camilo veio ao mundo.  

Vida desregrada antes da conversão

Camilo viveu sua adolescência e início da vida adulta de forma desregrada, através da jogatina e no serviço ao exército. 

**Propósito capuchinho**
Numa ocasião, sem trabalho foi auxiliar na construção do convento dos capuchinhos. Certo dia, após conversa com um dos freis, que o interrogou sobre a vida que levava, Camilo caiu em si e se converteu a Deus no dia 02 de fevereiro de 1575. A partir dessa data, fez o propósito de se tornar capuchinho, mas devido uma chaga na perna direita, não pôde ficar.

Início da Ordem dos Ministros dos Enfermos

Após sair do convento dos capuchinhos, Camilo foi enviado a Roma para tratar-se no hospital São Tiago. No cuidado dos enfermos percebeu que ali era seu lugar. Assim, fundou a Ordem dos Ministros dos Enfermos que tem como carisma o cuidado dos enfermos.

Milagres atribuídos a canonização

Canonizado no dia 29 de julho, para que o processo ocorresse foram atribuídos dois milagres: a cura de uma jovem que sofria de uma má formação congênita no tórax e que lhe causava muita dificuldade para respirar. E o segundo, a cura instantânea de uma jovem com uma infecção no sangue e que causava grande mal, especialmente, pelas feridas em todo o corpo donde saía sangue e pus. 

Carisma camiliano

O carisma camiliano brota do próprio Evangelho de Jesus. Camilo motivava seus companheiros a cuidarem dos doentes vendo neles a pessoa do Cristo, servindo-os tal como o bom samaritano que, ao ver o homem caído no caminho, não hesita em socorrê-lo, cuidar de suas chagas e empregar seu tempo e seus bens em prol de sua recuperação. Além disso, Camilo tinha confiança nas palavras do próprio Jesus quando diz: “Estive enfermo e me visitaste [...] Todas as vezes que fizestes isso ao menor dos meus irmãos, foi a mim que o fizestes” (cf. Mt 25, 36.40).

Foto: Reprodução / Paróquia São Camilo Léllis

 

Saiba mais:

Aprenda a oração de São Camilo e do enfermo para intercessão do santo