Notícias

20 OUT
[Colaboração de voluntários engrandece evento dedicado a Irmã Dulce]

Colaboração de voluntários engrandece evento dedicado a Irmã Dulce

Para que a celebração da canonização de Santa Dulce dos Pobres aconteça, uma grande equipe está por trás de tudo. 

 

 

São eles profissionais contratados, polícia, bombeiros, seguranças e, também, os voluntários. Uma delas é a dona Hilza Lopes de 87 anos, que já acreditava na santidade de Irmã Dulce. “Acho que todo mundo já considerava ela uma santa antes da canonização. Mas precisava desse processo, pois só o papa poderia conceder esse título”,  disse.

Para um fiel, participar como voluntário de uma celebração tão marcante para o catolicismo é um momento de muita emoção.  É o caso de Celmar Batista, membro da Paroquia Nossa Senhora das Vitórias. “Ser voluntário é o caminho de irmã Dulce. Todo o trabalho social que ela fez através do voluntariado. Então para mim, a importância desse momento é servir, fazer igual a ela”, destacou.