Notícias

29 JUN
[Cardeal-patriarca de Lisboa pede um desconfinamento

Cardeal-patriarca de Lisboa pede um desconfinamento "sem alarmismo e também sem distração"


Para o cardeal-patriarca de Lisboa, “as pessoas estão disponíveis para o que for preciso, desde que seja claro, persuasivo”


O cardeal-patriarca de Lisboa afirmou neste domingo (29) que acompanha com “preocupação e cuidado” o recomeço das atividades sociais, comerciais e religiosas no contexto da pandemia Covid-19 e diz que a pandemia vai ser vencida “sem alarmismo e também sem distração”.

“Sem alarmismo e também sem distração havemos de vencer esta crise”, disse D. Manuel Clemente à Agência ECCLESIA no Mosteiro dos Jerónimos, onde presidiu à ordenação de cinco novos sacerdotes.

Para o cardeal-patriarca de Lisboa, “as pessoas estão disponíveis para o que for preciso, desde que seja claro, persuasivo”.

“Toda a gente quer o bem de toda a gente, o próprio e o alheio, das famílias, dos grupos, dos amigos”, afirmou.

Para D. Manuel Clemente, “se as indicações forem claras, se forem sanitariamente comprovadas, toda a gente vai cumprir, como se tem cumprido até aqui”.

Questionado sobre o recomeço do culto público católico, o cardeal-patriarca de Lisboa disse que, pelas informações que tem recebido, “tem tudo corrido bem”.

“Há uma ou outra coisa que pode ser emendada, porque nós nunca fizemos isto. Estamos a fazer uma coisa completamente inédita. Estamos a tentar acertar, sem exageros, mas com aquilo que for necessário”, referiu.

“Em geral temo-nos portado muito bem”, afirmou D. Manuel Clemente lembrando uma “realidade tão larga” com é o catolicismo português nas “suas 20 diocese, com situações geográficos e culturais distintas”.

A pandemia Covid-19 esteve na origem da suspensão do culto público católico pela Conferência Episcopal Portuguesa no dia 13 de março de 2020, retomado depois no dia 30 de maio.

A 8 de maio, a Conferência Episcopal Portuguesa divulgou um conjunto de orientações para o recomeço do culto católico para garantir a realização das celebrações em segurança, indicando a obrigatoriedade da higienização de cada participante, o uso de máscara e o distanciamento social, insistindo na ultima semana nessas recomendações.
 

Fonte: Agencia Ecclesia
Foto: Reprodução / Vatican News