Notícias

03 DEZ
[Apostolado da Oração celebra 175 anos de devoção ao Sagrado Coração de Jesus ]

Apostolado da Oração celebra 175 anos de devoção ao Sagrado Coração de Jesus

No Brasil , o AO tem 152 anos

O Apostolado da Oração (AO) celebra 175 anos de surgimento, no dia 3 de dezembro, o grupo surge em 1944. O AO é o maior grupo da Igreja com 36 milhões de membros, em 98 países do mundo. No Brasil, o AO surge há 152 anos e atualmente conta com cerca de 2 a 3 milhões de componentes. 

"O Apostolado da Oração nasce como um grupo missionário e tem como referencial ajuda a sustentar a missão da igreja: oferecendo nossas vidas todos os dias, nossos estudos, trabalhos, orações, afazeres e ajudar, então, a rezar pela igreja", explica o Diretor Nacional do Apostolado da Oração (AO) e do Movimento Eucarístico Jovem (MEJ), Padre Eliomar Ribeiro. 

De acordo com o diretor, o Papa dá todos os meses uma intenção especial de oração para os membros do AO rezarem. "Por isto, que o AO é a rede mundial de Oração do Papa. No passado quando o Papa aprovou o Apostolado, ele disse 'quero que seja o meu grupo de oração da Igreja'", relata.  

Pe. Eliomar explica que para se tornar membro do AO é feito uma consagração, na qual uma fita vermelha é recebida e esta é um sinal externo. "Neste dia é feito uma consagração de pertença ao Apostolado e divulgar a devoção ao Coração de Jesus", relata. 

A devoção ao Coração de Jesus surge quando o Papa aprova o AO e pede que o grupo missionário cuide da sua devoção, o que está ligado as ações sacramentais dos membros do AO: "O oferecimento diário é forma de oração que rezamos todos os dias, com as intenções do Papa; mensalmente há uma reunião do grupo e outro momento de adoração ao santíssimo oração; e a missa mensal na primeira sexta feira do mês, que o dia dedicado ao Coração de Jesus", lista o diretor.  

Para Pe. Eliomar maior desafio do AO está ligada a 'reposição', pois os membros vão envelhecendo e os jovens vão chegando em menos quantidade. "Talvez por causa disso algumas pessoas discriminam um pouco e dizem "Um grande número de pessoas que só rezar", e estas desconfiam da força da oração, ela também é missão. É um serviço que a gente presta para Igreja", pontua.

O sacerdote traz como exemplo o cuidado com uma roseira para motivação dos membros do Apostolado : "quando ela vai ficando velha, se não cuidar, adubar ela para de dar rosa. É preciso incentivar e por para cima, infelizmente, as pessoas já dizem que "os idosos não tem o que fazer na vida" e nós quanto Igreja não devemos fazer o mesmo. "A contribuição deles é grande com suas vidas, testemunhos", elenca.   

Há 5 anos, na direção do AO e do MEJ,  Pe. Eliomar afirma que para ele significa tocar com as mãos e o coração, um grupo da Igreja que faz um bem enorme para ela. "Ao longo desse tempo eu já visitei 108 dioceses no Brasil e consigo vislumbrar essa grande alegria do AO e para mim faz um bem muito grande", frisa. 

O diretor finaliza afirmando que todos os cristãos batizados podem fazer parte do AO, não tem dificuldade nesse sentido. "O processo que está se passando no AO como serviço da Igreja é ter disponibilidade missionária, apostólica como o Papa chama: rezar pela igreja, ajudá-la", cita. O sacerdote completa: "inclusive as pessoas que não estão casadas na Igreja podem fazer parte do AO. Tendo Idade minima de 12 anos, se ela não fizer parte do MEJ, que é o braço jovem do AO é convidada para o Apostolado. Quem deseja entrar procure em sua paróquia um grupo e a pessoa se prepara fazer parte", finaliza.