Notícias

28 MAI
[31 dias com a Mãe de Jesus: “Esperança dos desesperados”]

31 dias com a Mãe de Jesus: “Esperança dos desesperados”


Sua festa é recordada anualmente em 15 de Agosto.
 

Há três dias do fim de maio, o título lembrado nesta quinta-feira (28) é o da Nossa Senhora da Esperança. Existem duas vertentes relacionadas ao nome. Uma faz alusão ao momento de espera de Maria para poder olhar o menino Jesus, o qual esperava em seu ventre. A outra versa na confiança dos fiéis de que as suas necessidades serão atendidas. Na liturgia da palavra é considerada como “Esperança dos desesperados”.

A história sobre esse título ocorre em 17 de janeiro de 1871, na cidade de Saint Brieuc, perto de Paris. Na época, a França sofria com a invasão da Prússia e Paris corria o mesmo risco, sofrer com as investidas do inimigo. O bispo da cidade rogou a Nossa Senhora da Esperança para que ela os livrasse dos possíveis ataques. Às 18h, momento da Ave Maria, os votos com as petições foram lidos. 

Então, em um lugar conhecido como Poitman aconteceu um sinal miraculoso: duas crianças, irmãos, avistaram a imagem de Nossa Senhora em frente às linhas inimigas. Eugênio, de 12 anos, foi o primeiro a vislumbrar  a aparição e depois o seu irmão José, 10. Os adultos, por mais que se esforçassem não conseguiam ver a santa. 

Quando chamaram o padre, este veio acompanhado de mais duas crianças que viram a mesma coisa. Percebendo a importância daquele momento os líderes religiosos e o povo se prostraram em oração. Enquanto olhavam, as crianças percebem que uma belíssima fita azul e quatro velas se colocavam em volta da Virgem. 

Duas das velas estavam na altura de seus ombros e as outras duas na altura dos seus joelhos. Na cena seguinte, uma fita de enorme comprimento surgiu de sob os pés de Maria e nele estava escrito: “Mas rezai, meus filhos, Deus, vos atenderá dentro em breve. Meu Filho se deixa enternecer”. Em seguida, um crucifixo vermelho e uma bela estrela apareceram nas mãos dela. A estrela passou por volta da Virgem e acendeu as quatros velas, descansando-se em sua cabeça. Às 20h45, daquela mesma noite, um véu encobriu vagarosamente a visão, até que ela desapareceu por completo. 

Dez dias após o povo atender o pedido de oração da santa, finalmente houve um tratado de paz entre a França e a Alemanha. Em carta pastoral, o bispo de Laval admitiu a autenticidade dos acontecimentos depois de ouvir os testemunhos e averiguar as informações. A partir daí, foi autorizado o culto da Virgem Maria, já intitulada de Nossa Senhora da Esperança de Pointmain.

Construído em 930, o santuário mais antigo dedicado ao título está localizado em Meniézes, na França. A história também cita que Pedro Álvares Cabral era devoto da imagem e a trouxe em 1500 para o Brasil.

Oração a Nossa Senhora da Esperança

“Senhora da Esperança, tua alegria era fazer a vontade do Pai. Tua vida era estar atenta às necessidades dos outros. Intercede por nós! Quando nossa Fé vacila, quando somos tentados a desesperar, Senhora da Esperança, intercede por nós! Quando fechamos o coração, quando consentimos a injustiça, Senhora da Esperança, intercede por nós! Quando parece ser difícil seguir teu filho, quando nos cansamos de fazer o bem, Senhora da Esperança, intercede por nós! Quando o não se antecipa ao nosso sim, leva-nos a Jesus Cristo, nossa esperança". Amém!


Foto: reprodução/Mensagens de Amor