Notícias

13 FEV
[15 anos da morte de Irmã Lúcia; vidente de Fátima que pode ser beatificada]

15 anos da morte de Irmã Lúcia; vidente de Fátima que pode ser beatificada

Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, faleceu há 13 de fevereiro de 2005, aos 97 anos de idade, depois de várias décadas vividas em clausura no Carmelo de Coimbra.


O bispo de Coimbra, D. Virgílio Antunes, preside nesta quinta-feira (13) à Eucaristia no 15º aniversário da morte da Irmã Lúcia, vidente de Fátima, no Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra.

Para além do bispo de Coimbra, vai estar presente na celebração o postulador da causa de beatificação e canonização da Irmã Lúcia de Jesus, o padre Romano Gambalunga, e a vice-postuladora, a irmã Ângela Coelho. 

A irmã Lúcia, vidente de Fátima, faleceu há 15 anos, e caminha agora para a beatificação, num processo “longo” que exige “paciência” e rigor, como explica a vice-postuladora da causa de canonização, a Irmã Ângela Coelho.

Lúcia Rosa dos Santos, a Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado, faleceu a 13 de fevereiro de 2005, aos 97 anos de idade, depois várias décadas vividas em clausura no Carmelo de Coimbra.

Processo de Beatificação e Canonização 

Este processo teve início em 2008, apenas três anos após a sua morte, tendo na altura o agora Papa emérito Bento XVI dispensado que se esperassem os habituais cinco anos.

Em fevereiro de 2017, a igreja do Carmelo de Coimbra acolheu a sessão solene de clausura do inquérito diocesano para a canonização da Irmã Lúcia (1907-2005).

Francisco e Jacinta Marto, os outros dois videntes de Fátima, foram canonizados pelo Papa Francisco, na Cova da Iria, a 13 de maio de 2017.
 

Da redação
(Com informações da Agência Ecclesia)
Foto: Reprodução | Santuário de Fátima