Facebook Instagram WhatsApp Twitter

Fé Católica - Sempre Presente

Nossos Parceiros

Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros

Colunas

Coragem! O Senhor está conosco

26/06/2017 às 08:06.
Coragem! O Senhor está conosco

O Evangelho desse décimo segundo domingo do tempo comum convida-nos a refletir sobre a nossa missão de anunciadores do Evangelho. Somos chamados a tornar público o que foi dito em segredo, ou seja, aquilo que Jesus fez-nos experimentar na hstória de nossa vida. As maravilhas de Deus não são realizadas para permanecerem ocultadas, mas proclmadas aos quatro cantos da terra.


O encontro com Deus é provocador de alegria e vida. Dá sentido e significado ao nosso existir, bem como responde a uma exigência de felicidade que está dento de nós. Ao nos encontrarmos com Deus, nós nos transformamos e começamos a viver diferentemente. Esse estilo de vida pode gerar incômodos e, até perseguições, como nos afirma o evangelho desse domingo.


Um dos perigos existentes é o de não resistirmos e cedermos perante aqueles que não aceitam o novo estilo de vida. Podemos comprometer a vivência da nossa fé para não desagradarmos os que pensam e vivem diferente de nós. Existe aqui um perigo real uma vez que vivemos inseridos no mundo, compartilhando a vida com tantas outras pessoas.


Podemos perceber, dessa forma, que a vida cristã é um combate. Já o próprio Paulo o afirmara: "combati o bom combate, guardei a fé". Exige, também, tomada decisão e isso implica que deixemos algumas coisas e optemos por outras. O próprio Jesus afirmara esse caráter decisivo da fé cristã: "Não se pode servir a dois senhores".


Há um perigo do qual podemos ser acometidos: o de temer e desanimar. O Senhor nos exorta a não perder a coragem e o ânimo. Sua palavra ecoa aos nossos ouvidos, infundindo-nos força e vigor. Mas é, sobretudo, a promessa de sua presença junto a nós que nos dá o alento seguro para nos mantermos firmes no seu caminho.  Era essa certeza que encorajava o profeta a enfrentar as perseguições na sua missão: "Mas o Senhor está ao meu lado, como forte guerreiro; por isso, os que me perseguem cairão vencidos".


Alguém já dissera que o mal para os cristãos não são os que os perseguem, mas o modo como vivem a sua fé diante da perseguição. Muitos de nossos irmãos na fé nos legaram um grande testemunho: foram fiéis até o martírio. As dificuldades na fé podem ser uma grande ocasião para realmente comprovarmos se de fato, colocamos a nossa esperança em Deus.


Pe. Pedro Moraes Brito Júnior





Pe. Pedro Moraes Brito Júnior Pe. Pedro Moraes Brito Júnior