Facebook Instagram WhatsApp Twitter

Fé Católica - Sempre Presente

Nossos Parceiros

Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros

Colunas

Tempo de Renovação em Deus

21/02/2017 às 11:02.
O mundo é tão árido, e a guerra espiritual que enfrentamos diariamente, tão dura, que se não tivermos, a graça de poder mergulhar no Espírito Santo com os irmãos, orando com eles livremente na linguagem dos anjos, louvando e cantando juntos, fatalmente viveremos como no deserto. Precisamos de mais força do alto, já que a vida nos deixa secos e duros; o próprio dia a dia, o trabalho de casa, da família, do mundo nos desgastam.

Na década de 1980, os Rebanhões começaram a acontecer na cidade de Cruzeiro (SP). Enquanto aconteciam depravações no carnaval, Deus agia de maneira maravilhosa na evangelização. Aquilo que nós julgávamos impossível Ele começou a provar que não era.

O mais bonito era isso: nós víamos Deus operando no meio daquelas músicas e orações. Tudo muito simples, mas feito com muita unção, tocando naquelas vidas e elas sendo transformadas. Era aquilo que Deus queria que acontecesse nos dias de carnaval.

Graças a Deus, no início veio uma multidão de pessoas da nossa região e nós começamos a ver a graça de Deus operando na vida daquelas pessoas. E as vidas transformadas eram o maior testemunho de que aquilo era Deus operando.

Eu mesmo tive que, depois de vários rebanhões, onde as escolas ficavam repletas de jovens que dormiam nas salas das escolas, que dizer: “Para o próximo ano você ao invés de vir para cá faça o Rebanhão na sua cidade”.

A partir daí, as outras cidades começaram também a fazer; começava pequeno mas ia aumentando. Coisa de Deus é assim, como o fermento, o grão de mostarda, que é lançado na terra e aumenta. E o mais importante: o encontro pessoal com Jesus ia acontecendo e as vidas iam sendo tocadas, transformadas.

Deus agia de maneira maravilhosa, mesmo num campo aberto de futebol, Deus agia. Era o encontro pessoal com Jesus que tudo realizava. Eu não imaginava tudo aquilo que Deus iria fazer.
Devemos agir de acordo com nossa fé. Ela será sempre do tamanho de um grão de mostarda. Mas, uma vez que Deus nos deu a fé, precisamos agir de acordo com ela. Devemos ir até Jesus, receber do Senhor o carisma e levá-lo a quem precisar.

Quando acreditamos, o impossível acontece. Por isso, peço a Deus que todos acreditem e que lhes seja concedida a certeza de fé, para que todos ajam de acordo com ela, pois para Deus nada é impossível.

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib