Facebook Instagram WhatsApp Twitter

Fé Católica - Sempre Presente

Nossos Parceiros

Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros
Parceiros

Colunas

Pastoral

18/01/2017 às 09:01.
Caros leitores, em sintonia com o objetivo desse veiculo de comunicação, acompanhado e valorizado por milhares de pessoas além-fronteiras, queremos fazer deste espaço de informação, um lugar de promover a cultura do encontro através de reflexões que serão disponibilizadas periodicamente em vista da proposta desse quadro que é a temática pastoral. Faço saber que iniciarmos dando uma definição do termo pastoral e nos textos seguintes abordaremos as definições que diferenciam os termos Pastoral, Grupo e Movimento dentro da Igreja Católica. Desde já, contamos com a sua participação nos acompanhando passo a passo nesta jornada formativa, cujo objetivo é trilha sobre o eixo da ação pastoral.

ABRANGÊNCIA DA PALAVRA PASTORAL

Objetivo geral da ação pastoral: Evangelizar, anunciar o Reino de Deus.

Objetivo específico da ação pastoral:Unir as pastorais, sinal do reino de Deus.

O que é Pastoral? A palavra Pastoral deriva de Pastor e podemos defini-la como a ação da Igreja no mundo, desenvolvida a favor da vida plena.Ou seja, é atitude da Igreja que vai de encontro à missão de Jesus, conforme retrata o Evangelista João: “Eu vim para que todos tenham vida e a tenham em abundância” (Jo 10,10). Citando o documento de Aparecida, as orientações presentes nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora(DGAE) da Conferencia Nacional dos Bispos do Brasil(CNBB) lembram que essa passagem bíblica resume a missão de Jesus, que por extensão é uma missão da Igreja.

Em outras palavras a pastoral envolve um conjunto de atividades através das quais a Igreja realiza a sua tríplice missão: profética, sacerdotal e testemunhal. De uma forma mais simples podemos também definir a pastoral como "os braços" do pastor, dado que a "messe é grande" e não seria possível a cada sacerdote, a cada pastor, realizar todas as atividades necessárias para a Igreja cumprir sua tríplice missão, por isso a Igreja utiliza-se dos serviços dos leigos, para, como "braços e pernas" dos pastores, ajudar a Igreja.

Em suma, é imprescindível saber que a pastoral está a serviço do pastor. E quem serve nas pastorais, são chamados de Agentes de Pastoral que regularmente participam de cursos e encontros de formação para que possam trabalhar junto às comunidades com plena consciência do que fazem e da correta finalidade do seu serviço.

Pe. Edimundo Almeida dos Santos
Coordenador de Pastoral



Pe. Edimundo Almeida dos Santos Pe. Edimundo Almeida dos Santos